18.10.2022

18.10.2022

5 livros épicos sobre o feminismo

livros-feminismo

Compreender o mundo à nossa volta, e lutar por aquilo que acreditamos, exige sabermos do que falamos.

Todas nós devemos ler, pelo menos uma vez na vida, livros sobre feminismo. Livros que partilhem histórias, factos, informação. Livros que nos tornem mais conscientes dos nossos direitos e das nossas possibilidades neste mundo em que por muito que lutemos a guerra não acaba.

Deixamos-te 5 que consideramos essenciais — do século passado até ao presente.

livros feminismo

1. “A Vindication of the Rights of Woman” de Mary Wollstonecraft

“A Vindication of the Rights of Woman” é uma obra de filosofia política de Mary Wollstonecraft, publicada em 1792. É uma das primeiras obras da literatura feminista e só comprova que este tema não é novo.

Em “A Vindication of the Rights of Woman”, Wollstonecraft argumenta que as mulheres não são naturalmente inferiores aos homens, mas parecem ser apenas porque lhes falta educação. Ela sugere que tanto os homens como as mulheres devem ser tratados em pé de igualdade no que diz respeito à educação e às oportunidades.

As ideias da Wollstonecraft estavam à frente do seu tempo, e o trabalho ainda hoje é relevante. É um trabalho importante na história do feminismo, e continua a inspirar as mulheres que lutam pela igualdade.

livros feminismo

2. “The Feminine Mystique” de Betty Friedan

“The Feminine Mystique”, de Betty Friedan, é um livro sobre o feminismo e a luta das mulheres pelos seus direitos. O livro aborda os problemas que as mulheres enfrentavam na sociedade da época, como o sexismo e a discriminação. O livro foi um sucesso comercial e crítico, sendo considerado um dos livros mais importantes do século XX. Betty Friedan faleceu em 2006, aos 85 anos. Deixou um legado importante para as mulheres e para o feminismo.

livros feminismo

3. “Simone de Beauvoir: The Making of an Intellectual Woman”

“Simone de Beauvoir: The Making of the Second sex”, de Toril Moi, é um livro que fala sobre a vida e as obras da filósofa Simone de Beauvoir. O livro também aborda o livro “O Segundo Sexo”, de Beauvoir, que foi um livro muito importante para o movimento feminista. Moi escreveu este livro para mostrar como Beauvoir influenciou o feminismo e como ela continua sendo relevante para as mulheres hoje, embora toda a controvérsia sobre a sua vida pessoal.

livros feminismo

4. “Sister Outsider” de Audre Lorde


“Sister Outsider” de Audre Lorde é um livro composto por ensaios e discursos escritos pela autora entre os anos de 1974 e 1984. Lorde foi uma mulher negra, homessexual e feminista que lutou contra o racismo, a homofobia e a opressão feminina. Ela usou sua voz para falar sobre essas questões e inspirar outras mulheres a lutarem pelos seus direitos. “Sister Outsider” é um livro importante para qualquer pessoa interessada no feminismo e na luta contra a opressão.

livros feminismo

5. “Women, Race & Class” de Angela Davis


“Women, Race & Class”, de Angela Davis, é um livro conta a história do movimento feminista nos Estados Unidos. Como no livro anterior, aborda como o racismo e a opressão de classes afetaram as mulheres negras e pobres durante o século XX. Ela também discute como o feminismo deve lutar contra o racismo e a opressão de classes para beneficiar todas as mulheres.

A probabilidade de conheceres mais algum é grande — são cada vez mais os livros que abordam este tema tão importante.

Partilha connosco através do email ou do nosso Instagram.